F My stage: uma carta de amor verdadeiro

17 de setembro de 2010

uma carta de amor verdadeiro

Exige um certo empenho viver a dois, mesmo que não se viva debaixo do mesmo tecto. É como se a nossa vida deixasse de ser completamente nossa; existe uma outra pessoa que também a vive connosco, que faz parte dela. É com quem partilhamos as nossas experiências, os nossos sonhos, as nossas alegrias, os nossos medos e as nossas tristezas. É alguém com quem nós não temos segredos, que confiamos acima de tudo e que não temos vergonha de mostrar o nosso eu mais fraco e desprotegido, é alguém que cuida de nós e de quem nós cuidamos mas acima de tudo é alguém que nos ama incondicionalmente, com todos os defeitos e qualidades. Podem-me perguntar se o que acabei de escrever é idealizado ou saído de um conto de fadas que lê-mos quando somos umas meninas, mas não, é baseado numa pessoa de carne e osso, no meu namorado. Sabes tão bem quanto eu que nos dias de hoje é difícil manter uma relação, talvez porque tudo o que vemos ao nosso redor é novo e temos uma certa tentação de o experimentarmos. Antes de nos conhecermos também tínhamos essa vontade de procuramos essas novas sensações, de conhecermos novas pessoas, mas com o tempo e com a idade as coisas mudam. Agora prefiro procurar as diferenças que nos unem, que nos fazem amar desta maneira, prefiro investir na nossa amizade e no nosso amor, programar viagens, dar-te a mão e perder-me no teu abraço, dormir enroscadinha a ti e acordar com o teu toque, com as tuas palavras e com o sorriso mais bonito do mundo. Opto por conjugar os verbos estar, partilhar e viver todos os dias. Com o tempo nós vamos crescendo, aprendemos a ver a vida e os que nos rodeiam de outra maneira, descobrimos novas sensações e não basta dizer que se ama a toda hora, uma relação é muito mais que isso. É confiarmos um no outro, contarmos os nossos segredos e os nossos medos, as nossas alegrias e tristezas, é partilharmos a nossa alma e o nosso coração e queres que te diga mais? Nós temos essa relação e para nós é perfeita. Tudo o que temos vindo a construir tem me dado tanta felicidade, serenidade e segurança e sei que vai ser sempre assim, porque nós completamo-nos. Se te perguntarem por nós e pelas coisas que fazemos juntos diz a verdade, diz que deslocamos cometas sem querer, fazemos desenhos com as estrelas e movemos a lua para assim garantir o amor.

Só quero que chegue terça, volta rápido dos Açores meu amor

4 comentários:

- Silvia ♔ disse...

adorei imenso (;

Tiago MM. disse...

oh, e como eu tinha saudades da tua simpatia e dos teus comentários ! és uma das minhas leitoras e "autoras" preferidas , acredita! e aqui temos a prova disso: mais um texto lindissimo, és incrivel !

-

eu estou em humanidades, espero valer-me do meu jeitinho para escrever para ser bem sucedido!

boa sorte para a universidade, querida, e sorri para a vida ! :')

Amora disse...

Está lindo! *.*
Felicidades :D

Beijinhos

Amêndoa disse...

tu já te livraste dele, e eu também me quero livrar o mais rápido possivel xb
boa sorte para ti também. beijinhos*